fbpx

Temperos na comida pra cachorro?

Você sabia que além de deixar a comida mais gostosa e atrativa, alguns temperos são benéficos para a saúde do seu cachorro?

O azeite de oliva, por exemplo,  é uma excelente fonte de gorduras boas, vitamina E  e Omega 9. Ajuda na saúde da pele e do pêlo!

E o sal? Ouvi dizer que é proibido para cachorro…

Sal não é um ingrediente proibido, porém precisa ser dado nas quantidades corretas, para que a dieta seja balanceada.

Aqui na Mascote Fit, nós usamos cerca de 1g de sal por kg de alimento.

Assim como nós humanos, os cães precisam de sal para manter os níveis de sódio equilibrados.  O sal também é composto por Cloro, um elemento químico essencial para a criação do ácido clorídrico, presente no estômago dos pets e super importante para a digestão

Outros temperos comuns que cachorros podem comer:

Manjericão  

Uma ótima opção! Além do cheiro delicioso, o manjericão tem ação cicatrizante e colabora com a proteção do pâncreas e com o funcionamento da vesícula biliar. 

Coentro  

Ajuda a eliminar metais pesados

Hortelã  

Tem ação digestiva e expectorante. Bônus: Seu pet também pode tomar chá de hortelã!

Orégano  

Ação fungicida e bactericida, melhora do sistema imunológico.

Alecrim

É diurético, auxilia na digestão, melhora a memória e até o humor do seu pet!  Não bastasse tudo isso, o alecrim também atua como um repelente natural de pulgas.

Cúrcuma  

A cúrcuma ou açafrão-da-terra é um tempero excelente para incrementar a dieta do seu cachorro: anti-inflamatória, alivia sintomas causados pela artrite, aumenta a resistência a infecções… não é à toa que temos cúrcuma em várias das nossas dietas!

No blog do Cachorro Verde tem um post super completo sobre os benefícios deste alimento, bem como dicas para fazer a famosa “golden paste”.

 

Temperos proibidos para cachorros

A Cebola e o Alho-poró são temperos que não fazem bem para cachorro, por conterem tiosulfato, uma substância tóxica para o organismo deles.

A noz-moscada também é um tempero que não deve ser oferecido.

Segundo a médica veterinária Stephanie Liff, a noz moscada é tóxica para pets por conta de uma substância chamada Miristicina, que pode causaralucinações, aumento de pressão cardíaca, dores abdominais e até ataques epiléticos. 

 

Tem algum tempero que não está na lista e você gostaria de saber se o seu cachorro pode ou não comer? Manda pra gente nos comentários!

Sobre a autor

Bruno Watanabe

CEO (Cachorreiro empreendedor oficial) e Sócio Fundador da Mascote Fit, gosta de cachorro desde dos 6 anos, quanto ganhou o Rufio de natal.

Atualmente é dono da Pug Laila, que não faz truques por amor, só por comida.

WhatsApp chat