fbpx

Calculadora de AN: saiba qual o percentual de proteína, carboidratos e outros alimentos compõem uma dieta de alimentação natural

Qual o percentual de proteína, carboidratos e outros alimentos vão em uma dieta de alimentação natural? Saiba neste post como é a formulação de uma dieta de alimentação natural para cachorros saudáveis!

Disclaimer: As formulações de dietas e ingredientes de alimentação natural descritas a seguir são exemplos de dietas indicadas somente para pets comprovadamente saudáveis.

Não vendemos fórmulas de alimentação natural para serem utilizadas comercialmente ou em casa. Não nos responsabilizamos pela formulação de qualquer dieta que não seja comercializada pela Mascote Fit

Nossa recomendação para todos os tutores é de sempre comprar alimentação natural pronta através de uma empresa com registro no Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) ou consultar um profissional veterinário especialista em nutrologia para a formulação de um dieta personalizada para o seu pet.

Sumário

  1. Percentual de proteínas, carboidratos e demais alimentos em dietas de alimentação natural para pets.
  2. Quais são as referências para calcular os percentuais de ingredientes em dietas de alimentação natural para pets?
  3. Softwares para formulação de alimentação natural para pets.
  4. Lista de alimentos que podem ser utilizados em dietas de alimentação natural para pets.
  5. Complementos opcionais e obrigatórios em dietas de alimentação natural.
  6. Transição da ração para a alimentação natural.
  7. Profissionais que podem ajudar a formular uma dieta específica para o seu pet.

Percentual de proteínas, carboidratos e demais alimentos em dietas de alimentação natural para pets

Recomendamos que o cardápio de AN para o seu pet seja formulado por um profissional veterinário ou zootecnista especializado em nutrologia. No final deste post nós linkamos alguns sites de profissionais que prestam este tipo de serviço.

Mas a pergunta que não quer calar: Quanto de proteína vai numa dieta de an? E carboidrato?

Nas nossas receitas de alimentação natural de manutenção (para cães adultos saudáveis), os percentuais de cada tipo de ingrediente ficam em torno de:

30% de carnes desossadas, 5% de vísceras, 35% de carboidratos, 30% de vegetais

+ Complementos como óleos, temperos e suplementação.

Estes percentuais podem variar de dieta para dieta, porém dificilmente estarão muito distantes destes padrões. Exceto em receitas para cães com comorbidades ou outras condições especiais.

Importante: os cães são animais predominantemente carnívoros. Apesar de algumas proteínas de origem vegetal não serem nocivas para eles, o percentual de absorção é muito menor do que as proteínas de origem animal. Servir ao seu pet apenas alimentos de origem vegetal não é uma decisão recomendada.

Outras fontes de confiança, como o site cachorro verde e o site da botupharma apontam estes mesmos percentuais para cães adultos e saudáveis.

Dar resto de comida é dar alimentação natural?
Não, os restos de comida humana não são apropriados para alimentação pet, pois podem conter temperos ou outros ingredientes que façam mal, como cebola, pimenta, xilitol, etc.

Além disso, o balanceamento da dieta é um fator importantíssimo para que a nutrição advinda da comida de verdade tenha benefícios duradouros na saúde do seu pet!

 

Quais são as referências para calcular os percentuais de ingredientes em dietas de alimentação natural para pets?

Toda dieta de alimentação natural comercial segue como base as tabelas nutricionais de órgão internacionais, como a AAFCO (The Association of American Feed Control Officials), a NRC (National Research Council) e a FEDIAF (The Europe Pet Food Industry.).

Estas entidades publicam de tempos em tempos os padrões nutricionais que são standart para a formulação de dietas, tanto de alimentação natural quanto de ração.

Softwares para formulação de alimentação natural para pets

Para formular as dietas de alimentação natural, profissionais veterinários e zootecnistas contam com o apoio de alguns softwares de formulação, como o Funcional Pet e o Nutrovet.

Estes softwares facilitam a composição da dieta, pois possuem em seu banco de dados todas as informações nutricionais de cada tipo de alimento e também as tabelas dos órgãos internacionais.

Após adicionar um alimento e a sua quantidade na receita, o software já baliza os macronutrientes, mostrando se existe deficiência, se está dentro do padrão ou se está em excesso.

Conhece algum outro software usado para formulação? Mande pra nós nos comentários que iremos atualizar este post!

 

Lista de alimentos que podem ser utilizados em dietas de alimentação natural para pets

Temos um post completo sobre quais alimentos seu pet pode ou não pode comer! Mas para matar a sua curiosidade, elencamos aqui os principais ingredientes que compõem cada categoria das dietas de alimentação natural;

Proteína animal:

  • Bovinas: Músculo, Patinho, Peito, Coração
  • Suínas: Lombo, Mignon Suíno
  • Frango: Peito, Coxa e Sobrecoxa, Ovos
  • Peixes: Filé de Tilápia e de Merluza sem espinhos

Vísceras:

  • Fígado bovino
  • Fígado de frango, Moela
  • Rim Suíno

Carboidratos:

  • Cereais: Arroz parbolizado, Arroz integral
  • Legumes: Batata-doce, Batata-baroa (mandioquinha), Batata-Yakon, Mandioca. 

Vegetais:

  • Legumas: Abóbora moranga, Cenoura, Abobrinha, Chuchu, Beterraba, Brócolis, Couve-Flor, Vagem.
  • Folhas: Agrião, Couve-manteiga, Rúcula.

Temperos:

  • Óleos: Azeite de oliva, óleo de côco, óleo de girassol.
  • Salsinha, Manjericão, Gengibre, Cúrcuma, Sal (1g por kg de comida).

E não podemos esquecer nunca dos…

 

Complementos opcionais e obrigatórios em dietas de alimentação natural

Por mais variada que seja a dieta de Alimentação natural cozida, alguns nutrientes são difíceis de encontrar nos alimentos do dia a dia. O balizamento entre o cálcio e o fósforo, por exemplo, é importantíssimo para que o seu pet não tenha problemas ósseos!

Por isso, é indispensável o uso de suplementação na hora de montar a dieta do seu pet. Aqui na Mascote Fit, nós recomendamos a linha Food Dog, da empresa Botupharma.

(Temos um post só falando de suplementação aqui no nosso blog!)

Alguns outros complementos, são opcionais, mas podem trazer uma série de benefícios para o seu pet! São exemplos:

  • Ômega 3
  • Óleo de Borragem
  • Prebióticos e probióticos

Transição da ração para a alimentação natural

Imagine que você é um cachorro.

Você passou meses comendo o mesmo alimento desidratado, sem variação de ingredientes.

E do dia pra noite, seu dono muda sua dieta para uma alimentação repleta de ingredientes novos, com uma textura diferente e ainda por cima super saborosa!

Seu paladar vai adorar, não é mesmo?

Mas seu intestino, talvez não. Os bilhões de bactérias que ajudam na digestão nunca viram aquilo!

Elas provavelmente não estão preparadas para digerir essa nova dieta, então as suas fezes não serão iguais eram antes…

Por isso, qualquer transição alimentar deve ser feita de forma GRADUAL e preferencialmente com o acompanhamento de probióticos, um conjunto de bactérias do bem que ajudam a manter a flora intestinal em equilíbrio.

Qualquer transição? Qualquer transição!

  • Ração A para Ração B: melhor mudar gradualmente, com probióticos.
  • Ração A para Alimentação natural: melhor mudar gradualmente, com probióticos.
  • Alimentação Natural A para Alimentação Natural B: melhor mudar gradualmente, com probióticos.
  • Alimentação Natural A para Ração A: melhor mudar gradualmente, com probióticos.

Aqui na Mascote Fit, todos os novos assinantes ganham de brinde um probiótico, além de receber em casa os pacotinhos especiais de transição.

Profissionais que podem ajudar a formular uma dieta específica para o seu pet.

Se você quer fazer alimentação natural em casa, com segurança na formulação e na quantidade ideal que deve ser servida por dia, conhecemos alguns profissionais excelentes que podem te ajudar:

 

Já se quiser comprar poupar o trabalho na cozinha e comprar a AN pronta, é só falar com a gente!

Entre em contato para receber em menos de 1 dia um orçamento personalizado 🙂

WhatsApp chat