Cachorro pode comer kefir? A resposta é sim, desde que ele não seja intolerante à lactose!

O kefir é um alimento fermentado com uma consistência parecida com o iogurte. Estudos sugerem que estimula o sistema imunológico, ajuda em problemas digestivos, melhora a saúde óssea e pode até combater o câncer em humanos.

E cachorros também podem comer kefir, pois ele também é repleto de benefícios para pets!

Sua origem remonta o leste europeu e sueste asiático e seu nome tem origem na palavra turca keyif, que significa “se sentir bem” após comer.

Ele é preparado ao adicionar grão de kefir ao leite. Estes grãozinhos brancos, que são colonias de bactérias do bem, parecem com bolinhas de sagu e lembrar a apariencia da couve-flor!

Confira neste post os benefícios de servir kefir diariamente para o seu cachorro (e pra você também!)

Benefícios do Kefir para cachorros

Os animais que não são alérgicos ao leite, podem utilizar esse alimento como um ingrediente funcional, com os seguintes benefícios:

  • Modulação da microbiota intestinal (favorece o crescimento de bactérias “boas” e diminui as bactérias “más”).
  • Diminui a inflamação intestinal.
  • Melhora a digestão e a qualidade das fezes.
  • Fortalece o sistema imune.
  • É rico em vitamina b, a d e k
  • Ajuda a combater infecções nas orelhas e na pele

O kefir é ótimo para cães doentes em tratamento com antibióticos, já que estes remédios podem destruir algumas das bactérias do bem presentes na flora intestinal dos nossos amiguinhos. Para ter uma ideia, uma colher de sopa de kefir pode conter 5 bilhões de bactérias benéficas!

Segundo a médica veterinária especialista em nutrologia pet Amanda Cobucci, “Os efeitos desses produtos não são instantâneos. É preciso usá-los por pelo menos 2 semanas, e manter em uso contínuo para obter os benefícios.”

Em humanos, os benefícios também são vários! Estudos indicam que este probiótico pode até inibir o crescimento de bactéricas como Salmonella, Helicobacter pylori and E. coli .

Quantidade de Kefir que posso servir para o seu cachorro

De acordo com a doutora Amanda, se você não sabe ainda se o seu pet é intolerante a lactose, teste uma colher de chá de kefir e observe se ele terá alguma reação ao produto.

Pets saudáveis e que não têm intolerância a lactose, podem consumir 5g de produto (1 colher de chá) a cada 5 kg do peso do animal.

Exemplificando:

  • Um cão de 5 kg pode consumir até 1 colher de chá.
  • Um animal de 25kg pode consumir até 5 colheres de chá.

Evite servir com açúcar e e jamais sirva com adoçante. Grande parte dos adoçantes industrializados contém xilitol em sua formulação, um ingrediente tóxico para pets.

Confira neste post porque o xilitol e mais 5 alimentos são proibidos para cachorros.

Como fazer e servir o Kefir para o seu cachorro

Como preparar o Kefir:

  1. Coloque 1-2 colheres de sopa de grãos de kefir em um repiciente. Quanto mais você usa, mais rápido ele irá cultivar.
  2. Adicione cerca de 2 xícaras (500 ml) de leite integral (o leite tipo A é o mais saudável).
  3. Deixe um certo espaço no topo do frasco.
  4. Tampe e deixe por 12–36 horas em temperatura ambiente.

    Após a fermentação, é só separar o grão do leite com uma peneira e consumir o liquido. Você pode reaproveitar os grãos para fazer uma nova leva de kefir 🙂

Outros probióticos bons para cachorro

Se você quiser cuidar da saúde da flora intestinal do seu pet mas não tiver kefir a disposição, existem outras boas opções, como o iogurte (sempre sem açucar e sem sabores artificiais) e também probióticos comerciais prontos, como o Lactofull ou manipulados!

Seu pet já come Kefir? Diga pra nós nos comentários qual é a reação dele!

 

Sobre a autor

Bruno Watanabe

CEO (Cachorreiro empreendedor oficial) e Sócio Fundador da Mascote Fit, gosta de cachorro desde dos 6 anos, quanto ganhou o Rufio de natal.

Atualmente é dono da Pug Laila, que não faz truques por amor, só por comida.