Você sabia que acupuntura também é realizada em animais?

A acupuntura busca tratar humanos e animais e é uma técnica milenar utilizada há mais de 5 mil anos pelos povos orientais. Atualmente, é um método muito utilizado dentro da Medicina Integrativa Veterinária. 

Neste post, iremos entender mais sobre a técnica, como surgiu, quais são seus benefícios e formas de aplicação. 

O que é acupuntura? 

Compondo as técnicas medicinais orientais, a acupuntura proporciona diversos benefícios àqueles que são tratados com ela.

A técnica permite o alívio de dores e pode auxiliar no tratamento de diversas doenças, sendo utilizada isoladamente ou em conjunto com outras técnicas. O procedimento geralmente é indolor e auxilia muito na qualidade de vida do paciente. 

A princípio, a acupuntura realiza estímulos físicos e químicos em áreas definidas na pele, proporcionando diagnóstico terapêutico de doenças funcionais e reversíveis, bem como para a melhora de doenças graves.   

Métodos de Estimulação de Pontos 

As principais formas de estimular os pontos de acupuntura são:

Agulhamento simples:

Consiste na inserção de agulhas nos acupontos. Costuma ser indolor e ajuda a promover relaxamento, analgesia e movimentação energética do organismo. 

Moxabustão

Aplicação de calor sob os pontos de acupuntura e/ou sob as agulhas, visando remover bloqueios de energia e aquecimento do organismo. Para isso, são utilizados bastões de Artemísia vulgaris, com o objetivo de promover analgesia e cicatrização de feridas.

Farmacopuntura 

Aplicação de substâncias nos pontos de acupuntura, como complemento do tratamento. Tem por objetivo prolongar o estímulo dos mesmos, bem como obter efeitos analgésicos, anti-inflamatórios, sedativos e/ou estimulantes.  

Laserpuntura  

Utilização de aparelho de laser, de baixa intensidade, sob os pontos de acupuntura. É indicado para animais que não toleram agulhamento. 

Eletroacupuntura

Ocorre a aplicação de corrente elétrica nas agulhas para potencialização do estímulo, visando aumento da resposta imunológica e do efeito analgésico. Usado principalmente em casos de paralisia e tetraparesia devido à resposta rápida, por estimular terminações nervosas sensoriais e motoras.

Implante de ouro 

É indicado para pacientes agressivos, que não permitem manipulação, e para os casos em que exista dificuldade da realização de sessões frequentes de acupuntura. Realiza estímulo semelhante ao agulhamento simples, porém, com a vantagem de liberar cargas positivas nas regiões aplicadas, reduzindo a inflamação local. É uma técnica que necessita de anestesia e consiste na colocação de fragmentos de ouro 17k nos pontos de acupuntura que ficarão permanentemente no local.

Em quais casos a acupuntura é indicada? 

Não é qualquer animal que pode fazer acupuntura, precisamos consultar o pet e ver quais são as suas necessidades individuais. 

Em geral, os principais casos em que o tratamento com acupuntura é indicado são: 

  • Dores em geral;
  • Doenças articulares;
  • Incontinências de fundo neurológico; 
  • Distúrbios comportamentais;
  • Doenças autoimunes;
  • Dermatopatias;
  • Distúrbios neurológicos;
  • Sequelas de cinomose;
  • Recuperação cirúrgica;
  • Cicatrização de feridas extensas.
  • Conforto de pacientes idosos e renais 

Para uma melhor avaliação do seu animal, indicamos entrar em contato com o Instituto de Reabilitação Animal e marcar uma consulta.

Aproveite para conhecer todas as especialidades do Instituto de Reabilitação Animal. A saúde do seu pet vem em primeiro lugar para nós!

Agradecemos às doutoras Mhayara Reusing e Selene Leite e ao doutor Agnaldo Angélico pela escrita e revisão deste post!

Sobre a autora

Mhayara Reusing

Médica Veterinária atuante na área de Fisioterapia Animal desde 2014, quando fundou o Instituto de Reabilitação Animal. Sempre valorizou a associação das modalidades terapêuticas para melhores resultados aos pacientes, sendo sua equipe composta por especialistas em cada área, como fisiatria e acupuntura. Já teve animais de várias espécies, e atualmente é mãe do Binho, bom de garfo como todo cocker Inglês! Conheceu o Mascotefit através do Lilo, outro cocker que super aprovou as refeições do Mascotefit, no dia ficou marcado para ele como a maior feira gastronômica!